O CORREDOR CULTURAL BENFICA

Consciente dos desafios e com os votos de #QUETUDOBEMFIQUE, o Corredor Cultural Benfica reafirma seu compromisso com a Cultura e a Arte, reconhecendo o papel fundamental que representam na qualidade de vida e no pleno exercício da cidadania.

O Corredor Cultural Benfica se consolida na medida em que integra vários equipamentos culturais, sociais, desportivos e educacionais do Benfica, criando um roteiro unificado de atividades inteiramente GRATUITAS, que se distribuem por importantes equipamentos da Universidade Federal do Ceará – como o Museu de Arte da UFC (MAUC), o Teatro Universitário, a Concha Acústica, a Casa Amarela Eusélio Oliveira –, além de outros potenciais equipamentos e instituições educacionais públicas e privadas (Conservatório de Música Alberto Nepomuceno, feiras livres, Museu do Humor Chico Anísio, livrarias, Maracatu Solar, praças, igrejas, grupos, coletivos e artistas).

A otimização do uso dos equipamentos do bairro gera oportunidades no campo social, formativo, econômico e ambiental, criando novos palcos e formando público por meio de uma ampla programação cultural realizada em parceria com a Universidade Federal do Ceará, Instituto Federal do Ceará, Governos Estadual, Municipal, setor privado  e sociedade civil.

Diante dessa realidade, a força do Corredor está no seu potencial agregador, capaz de reunir, num só esforço, agentes e instituições culturais do bairro, Universidade, ONGs e poder público na construção de uma ocupação criativa do território. Oferecendo uma programação repleta de atividades para os mais diversos públicos. Tudo isso com ampla divulgação e mobilização de público.

A realização de eventos como Corredor Cultural Benfica e tantos outros reforça a importância das Políticas Públicas de Cultura, um dos setores mais atingidos pela crise em decorrência da pandemia. Além das dimensões simbólica e social que o setor representa, existe ainda a dimensão econômica, geração de emprego e renda para dezenas de milhares de profissionais no estado.

Há três anos, o CORREDOR CULTURAL BENFICA promove a integração da população de Fortaleza com os diversos espaços e equipamentos culturais do bairro Benfica. Em um domingo por mês, no segundo semestre do ano, todas e todos são convidades a vivenciar o território numa perspectiva diferente, da rua, com a interdição no tráfego de veículos na Avenida da UNIVERSIDADE e a oferta de uma ampla programação, inteiramente gratuita, para toda a família.

Este ano, porém, diante do contexto delicado que estamos atravessando, o evento precisou ser reformulado. Para a plena execução dos nossos objetivos é essencial garantir a segurança, integridade e bem-estar do nosso público e equipe,  em respeito à comunidade e à nossa trajetória.

O projeto será realizado em duas edições, nos dias 12 de dezembro e 16 de janeiro. Contará ainda com uma série de atividades realizadas antes e depois das edições oficiais. A primeira edição, será integralmente virtual, com a realização de oficinas, atividades lúdicas, apresentações de música instrumental (erudita, popular, tradicional), entre outros.

Uma das características fundamentais do Corredor Cultural Benfica é a ligação estreita com os equipamentos culturais do bairro, em especial da Universidade Federal do Ceará. Dentre esses espaços, o Museu de Arte da UFC (Mauc) é pedra fundamental da nossa construção. Prestes a completar 60 anos, o Mauc é guardião de acervos inestimáveis de artistas como Descartes Gadelha, Raimundo Cela e Mestre Noza. Diante da relevância do equipamento para o estado, e tendo em vista a necessidade emergente de soluções tecnológicas que facilitem o acesso a esse tipo de equipamento, o Corredor, através de seus apoiadores, presenteará a cidade com uma experiência de visita virtual no Mauc. A plataforma será lançada ainda na edição do evento.

Já a segunda edição, que será realizada em janeiro de 2021, será híbrida, com ações que permitirão a participação do público de forma restrita conforme os protocolos de segurança emitidos pelos agentes de saúde do Estado e do Município.  Ao todo serão seis apresentações artísticas, quatro ações formativas, além de exposições virtuais, conteúdos interativos, aplicativo e jogo virtual.

Ainda na perspectiva de potencializar o alcance dos conteúdos produzidos no Corredor, construímos parcerias com a FDR TV, TV Ceará e Tv Terra do Sol, e os produtos e atividades desenvolvidas nas edições deste ano também serão exibidas na grade dos canais, expandindo nossas ações para todo o estado do Ceará.

O que Rolou na Edição de 2019

× Como posso te ajudar?