Auditório da Reitoria recebe mostra retrospectiva do Dia Internacional da Animação

O Auditório da Reitoria receberá no domingo (24), das 10h às 12h, uma mostra audiovisual com as produções cearenses selecionadas para a última edição do Dia Internacional da Animação, data comemorada em outubro em mais de 30 países. Com curadoria da Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA), serão exibidos 17 curtas-metragens de animação assinados por realizadores locais que integraram a mostra oficial do evento no ano passado. O acesso é livre até a lotação da capacidade do auditório.

A programação inclui os trabalhos “Até Quando, Luciano?”, de  Jonathan Alpoim e Rafael Neves; “Vida’, de Levi Magalhães; “Bio Consume” e “Urso despolar”, de Maxwell Duarte; “Esperança é a última que morde”, de Neil Rezende; “Vida Maria”, de Márcio Ramos; “Guerra dos Bárbaros”, de Júlia Manta; “Odisseia no Sertão”, de Josimário Façanha; “Fátima”, de Jefferson Hamaguchi; “Campo Branco”, de Telmo Carvalho; “Maria da Glóri””, de Diego Akel; “Pangeia”, de Fernanda Meireles; “Esaú, o catador de histórias”, de André Dias; “Na Pele”, de Firmino Holanda; “Enquadrado”, de Leontino Eugênio; “Viração”, de Tiano Saraiva e “Olhos de Lurdes”, de José Rodrigues Neto.

Algumas das obras são aclamadas, como o curta de Firmino Holanda, realizado em super-8 no ano de 1979 e considerado um dos pioneiros no cinema de animação no Ceará. Outras receberam notável reconhecimento em festivais e eventos, caso do curta “Vida Maria”, de Márcio Ramos, que acumula mais de 40 prêmios nacionais e internacionais, dentre eles o Festival Anima Mundi e o Cleveland International Film Festival (EUA).

O projeto Corredor Cultural do Benfica tem patrocínio da Enel; é uma realização do Centro de Treinamento e Desenvolvimento (Cetrede) e da Universidade Federal do Ceará; possui apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE) e da Prefeitura Municipal de Fortaleza (por meio das secretarias de Cultura e de Conservação e Serviços Públicos, além da Coordenadoria de Juventude); é parceiro da Secretaria de Cultura Artística da UFC (Secult-Arte), do Instituto de Cultura e Arte da UFC (ICA), da Casa José de Alencar, da Casa Amarela Eusélio Oliveira, do projeto Brincar Móvel – Brinquedoteca Itinerante, do projeto Palco Aberto, da Fundação Carne Seca de Arte, da Rede Cuca e do Shopping Benfica; e é organizado pela Maestria Comunicação e Eventos.

Fonte: Comissão Organizadora do Corredor Cultural do Benfica – fones: 85 3276 2525 e 99698 6665 / e-mail: corredorbenfica@gmail.com

Corredor Cultural do Benfica lança primeira edição nos dias 23 e 24

Sonhado há décadas pelos movimentos artísticos da cidade de Fortaleza, o Corredor Cultural do Benfica torna-se realidade neste final de semana. Idealizado para integrar a população desse e de outros bairros da capital em uma iniciativa de lazer gratuito para todas as idades, o projeto lança sua primeira edição na noite de sábado (23) e segue com atividades diurnas no domingo (24). Outras três edições estão previstas até o final deste ano, e a expectativa é consolidar o evento para que ocorra mensalmente em 2018.

Com proposta de ocupação inovadora, toda a programação é aberta ao público e promete movimentar as ruas do bairro boêmio e universitário. “Isso é um anseio antigo, um movimento que tem uma história e vem sendo pensado há bastante tempo, tanto pela comunidade universitária quanto pelos movimentos sociais e pelos moradores do bairro do Benfica. Durante muitos anos o Benfica foi um ponto de convergência, principalmente dos estudantes, do mundo acadêmico, e continua sendo”, afirma o Reitor da UFC, Prof. Henry de Holanda Campos. O dirigente explica ainda que o projeto foi concebido a partir de um trabalho de pesquisa inédito sobre os serviços e equipamentos de todo o Benfica, que culminará no lançamento de um livro sobre o universo de restaurantes, bares, ateliês de artistas, pontos de encontro e associações sociais. É com base nessa história que a gente constrói o Corredor Cultural.

De acordo com o produtor executivo, Chico Célio Vieira, o mapeamento realizado mostrou que a comunidade não conhece nem visita tudo que o Benfica tem a oferecer. “Por isso, o propósito não é reinventar o bairro, mas articular essa programação que já existe à possibilidade da UFC se abrir para o povo aos finais de semana. Esperamos um público muito diverso e participativo”, diz. E o Prof. Henry Campos acrescenta: “A ideia é essa, tornar o evento uma atividade permanente. Com isso, a Universidade cumpre uma função de integração com seu bairro, que é tão importante e tem uma história tão especial na cidade”. Confira a seguir o leque de atividades por área:

Música

Os shows musicais começam às 17 horas do sábado (23), na Concha Acústica da UFC (Av. da Universidade, 2853 – Benfica), quando se apresentam a Camerata de Cordas da UFC, o grupo musical de alunos da Rede Cuca, o Maracatu Solar e o guitarrista paraense Aldo Sena. A partir das 8h do domingo (24), em palco montado na Avenida da Universidade, as atrações são uma aula de zumba com a equipe da Rede Cuca, além de Coral da UFC, grupo 4 em Foco, Oré Anacã, Cantoria de Viola, Espaço Brasileirinho e reisado Brincantes Cordão do Caroá.

Audiovisual

No domingo (24), das 10h às 12h, será realizada mostra retrospectiva da última edição do Dia Internacional da Animação, com curadoria da Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA). Serão exibidas animações de realizadores cearenses que integraram a mostra oficial do evento em 2016.

Oficinas

Brincando de Fazer Notícia – Jornalismo e Cidadania,  Confecção de Flipbook e Grafitti  e Artesanato em Nó serão as quatro oficinas ofertadas na manhã de domingo (24).  As inscrições poderão ser realizadas no horário e local das formações: às 9h no Departamento de Arquitetura ( Av. da Universidade, 2890 – Benfica) para as duas primeiras, e às 9h nos jardins da Reitoria para as duas seguintes.

Feirinhas

Entre 8h e 12h, os corredores da Reitoria e a Avenida da Universidade receberão feiras de livros novos e usados, de antiguidades e de economia criativa. Já o estacionamento do Museu de Arte da UFC (Av. da Universidade, 2854 – Benfica) abrigará uma praça de alimentação com representantes da gastronomia do bairro.

Serviços para o cidadão

Com apoio da Prefeitura Municipal de Fortaleza, na manhã do domingo (24) o público terá acesso ao posto de atendimento da Ciclofaixa de Lazer, com aferição de glicemia e pressão arterial, além da distribuição de mudas. Também será possível cadastrar-se no local para emissão de Bilhete Único e para uso de vagas especiais de estacionamento.

O projeto Corredor Cultural do Benfica tem patrocínio da Enel; é uma realização do Centro de Treinamento e Desenvolvimento (Cetrede) e da Universidade Federal do Ceará; possui apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE) e da Prefeitura Municipal de Fortaleza (por meio das secretarias de Cultura e de Conservação e Serviços Públicos, além da Coordenadoria de Juventude); é parceiro da Secretaria de Cultura Artística da UFC (Secult-Arte), do Instituto de Cultura e Arte da UFC (ICA), da Casa José de Alencar, da Casa Amarela Eusélio Oliveira, do projeto Brincar Móvel – Brinquedoteca Itinerante, do projeto Palco Aberto, da Fundação Carne Seca de Arte, da Rede Cuca e do Shopping Benfica; e é organizado pela Maestria Comunicação e Eventos.

Fonte: Comissão Organizadora do Corredor Cultural do Benfica – fones: 85 3276 2525 e 99698 6665 / e-mail: corredorbenfica@gmail.com